Aluno que processou Aguinaldo Silva ataca autor após demissão

Aguinaldo Silva
Aguinaldo Silva é atacado por ex-aluno em rede social (Imagem: Reprodução / Facebook)

Demitido da Globo após 40 anos, Aguinaldo Silva foi vítima de uma alfinetada de Silvio Cerceau, o ex-aluno que processou o autor no caso envolvendo a história de O Sétimo Guardião.

De acordo com o site UOL, o escritor provocou o veterano com a frase “rindo horrores” em uma publicação feita no Instagram, mas apagada logo em seguida.

Mais tarde, Cerceau voltou para a rede social e compartilhou uma nova frase: “Cada um colhe o que planta”.

Um internauta, fã de Aguinaldo Silva, mandou um recado para Cerceau: “Uma das maiores audiências da década de 80/90 e a maior da década de 2000 e de 2010. O único com dois Emmys Internacional de Melhor Telenovela. Realmente, ele colheu o que plantou: Muito trabalho duro e dedicação desde o final dos anos 70”.

Em seguida, o usuário pediu mais humildade. “Ele já tem dinheiro e fama o suficiente para fazer o que quiser por toda a vida, o resto é mero detalhe. Quem sabe um dia – se tiver humildade – você chega lá também”, aconselhou.

Em 2018, Silvio Cerceau moveu uma ação contra Aguinaldo Silva pedindo o seu nome como coautor da novela protagonizada por Marina Ruy Barbosa e Bruno Gagliasso.

Na ação, Silvio disse que o plot foi desenvolvido durante uma aula dada por Aguinaldo em 2015. Além dele, outros seis alunos também entraram na Justiça pedindo remuneração e reconhecimento autoral pela história.

Confira:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Silvio Cerceau (@silviocerceau) em

Regina Duarte diz que chora por Bolsonaro e Aguinaldo Silva reage

Apesar de contratada Globo, Regina Duarte parece não estar preocupada quanto ao que se refere aos seus posicionamentos políticos. Defensora ferrenha do presidente Jair Bolsonaro (PSL), a atriz realizou uma publicação em defesa do político e afirmou que se compadece das duras críticas que ele vem sofrendo.

“Choro junto com ele, deploro as injustiças e #tojunto com os brasileiros que esperam que todo o trabalho que ele está liderando resulte bem para felicidade de todos. Em 2022 a gente volta a conversar. Agora … meu espirito cidadão me diz que tenho que acreditar, ter paciência e lutar a favor do meu país”, declarou ela.

O posicionamento da famosa dividiu opiniões, inclusive entre colegas de profissão. O autor Aguinaldo Silva defendeu o comentário de Regina Duarte. “Regina, brava Regina. O Brasil continua te amando”, escreveu o novelista.

Já Mateus Solano parece não ter gostado da atriz. “Tem um que mesmo preso o povo continua xingando para justificar toda e qualquer barbaridade deste governo. Ser a favor do Brasil é lutar por ele e não xingar NINGUÉM”, escreveu o ator se referindo ao fato do atual presidente ter xingado publicamente a Globo.

Carregar Mais Notícias