Após estrear no JN, jornalista da Globo detona concorrente

Jornal Nacional
Taís Lopes e Thiago Rogeh apresentaram o Jornal Nacional juntos (Imagem: Reprodução / Globo)

Um dos apresentadores que passaram pelo rodízio do JN, Thiago Rogeh, representante da Globo no Tocantins, acabou se exaltando ao falar sobre Sikêra Júnior.

O motivo foi a caixa de perguntas que ele abriu com uma pergunta os seguidores, questionando quem os fãs acreditam que fará dupla com ele em 2020 no JN.

Foram levantados vários nomes, porém, no momento que um fã indicou o nome do ex-jornalista do SBT, conhecido por suas polêmicas, Thiago não se conteve.

“Homofóbicos não passarão”, disparou, com duas carinhas de nojo. Vale lembrar que o manual de jornalismo da Globo não recomenda esse tipo de manifestação.

Os jornalistas da emissora devem se manter neutros com relação a questões políticas, religiosas, ideológicas, com relação aos times que torcem e até aos concorrentes.

Sikêra Júnior, por sua vez, é conhecido por comentários polêmicos no comando do Plantão Alagoas, ganhando repercussão nacional após “anunciar” a morte dos “maconheiros”.

Jornalista da Globo comemora rodízio no JN

Um dos jornalistas que mais fez sucesso durante o rodízio especial em comemoração aos 50 anos do Jornal Nacional, Matheus Ribeiro, da TV Anhanguera, afiliada da Globo em Goiás, anunciou recentemente em seu perfil no Instagram que irá retornar à mesma bancada responsável por projetá-lo nacionalmente.

Na publicação, o âncora do Jornal Anhanguera aparece em uma foto ao lado de William Bonner, comemorando o seu retorno ao plantão de fim de semana do noticiário, em 2020, junto com os demais escolhidos para apresentar as principais notícias do Brasil e do mundo neste cinquentenário. “Eu jamais imaginei que aconteceria uma única vez, muito menos que se repetisse, mas vamos lá…“, iniciou ele.

A partir de 2020, atendendo a um convite da TV Globo e do editor-chefe do JN, William Bonner, eu entro oficialmente para o rodízio do telejornal aos sábados, junto com os outros 26 colegas que fizeram parte das comemorações de 50 anos“, continuou.

É mais uma demonstração de que o jornal é, de fato, nacional e abre as portas para diferentes origens, sotaques e culturas. É mais um motivo para eu agradecer a você que está sempre ligado na TV Anhanguera, me acompanhou e se sentiu representado naquele dia 9 de novembro“, agradeceu.

Matheus, assim como os outros 27 jornalistas que dividiram a apresentação no JN neste ano, irão comandar o noticiário duas vezes, no ano que vem, sendo uma em cada semestre. O anúncio foi feito por Bonner, através do envio de um e-mail, na sexta-feira passada (6), como divulgou o Notícias da TV.

Em virtude de nossa satisfação com os resultados e de nossa gratidão pelo seu empenho, decidimos que o Jornal Nacional deveria manter as portas abertas para todos os apresentadores que, por sorteio, tiveram a oportunidade de participar dessa celebração“, escreveu Bonner no comunicado.

Confira:

Ver essa foto no Instagram

Eu jamais imaginei que aconteceria uma única vez, muito menos que se repetisse, mas vamos lá… . A partir de 2020, atendendo a um convite da TV Globo e do editor-chefe do JN, William Bonner, eu entro oficialmente para o rodízio do telejornal aos sábados, junto com os outros 26 colegas que fizeram parte das comemorações de 50 anos. . É mais uma demonstração de que o jornal é, de fato, nacional e abre as portas para diferentes origens, sotaques e culturas. . É mais um motivo para eu agradecer a você que está sempre ligado na TV Anhanguera, me acompanhou e se sentiu representado naquele dia 9 de novembro. . Fique ligado porque Goiás agora tem lugar cativo na bancada do jornal mais assistido do país. E eu faço questão da sua companhia! . #MatheusNoJN #TchauBrigado #JornalAnhanguera #VamosJuntos #JN #JN50 #JN50anos

Uma publicação compartilhada por Matheus Ribeiro (@matheusribeirotv) em

Carregar Mais Notícias