Eduardo Costa entrega vida na miséria e expõe humilhação da família: “Comendo terra”

Eduardo Costa resolveu atacar os inimigos (Foto: Reprodução)
Eduardo Costa resolveu atacar os inimigos (Foto: Reprodução)

Eduardo Costa, famosa cantor sertanejo, foi o destaque do Domingo Show e relembrou vida extremamente pobre e humilhações que teve que passar

O cantor Eduardo Costa abriu o coração para Geraldo Luís no Domingo Show da Record neste fim de semana (15) e deixou claro que veio de uma origem extremamente humilde.

Em conversa com o apresentador da Record, Eduardo Costa abriu as portas de sua mansão e durante a entrevista, gravada diretamente da fazenda dele em Minas Gerais, o sertanejo abriu o jogo sobre o passado extremamente pobre e relembrou um dos piores momentos da vida dele.

Segundo Eduardo Costa, um dia quando chegou em casa e a mãe dele estava muito doente, deitada na cama, ele acabou se deparando com a cena que marcaria para sempre a vida dele. Segundo o cantor, que hoje pode ser considerado uma pessoa milionária, a irmã com pouco mais de um ano, estava comendo terra por conta da fome.

“Foi a cena que mais marcou minha vida, eu nunca mais esqueci”, disse Eduardo Costa abrindo o coração para Geraldo Luís no Domingo Show da Record. Apesar do sofrimento em ver a irmã comendo terra, o astro sertanejo contou que aquela cena foi um verdadeiro empurrão na vida dele. Hoje, com 40 anos de idade, ele afirma que foi a partir dali que teve ainda mais garra para trabalhar e mudar a situação da família dele.

Eduardo Costa seguiu contando no programa histórias muito complicadas e humilhantes da vida dele no programa. Em outro momento, ele relembrou a humilhação de quando foi expulso da casa de um tio, do qual ele morava junto. O astro sertanejo afirma que trabalha até tarde carregando caminhão no Ceasa em São Paulo e que em determinado dia chegou por volta das 22h, sendo que o tio costumava dormir às 21h. Acontece, que ele teria deixado a tampa da panela cair no chão:

“Ele ficou muito nervoso e disse que aquilo não era hora de fazer comida na casa dele. Ele me mandou ir embora”, disse o cantor ressaltando que na época não tinha um real no bolso. Por sorte o um amigo teria encontrado o sertanejo na rua com a mala pendurada e teria chamado para dormir na casa dele.

Apesar do trauma, Eduardo Costa garantiu no papo com Geraldo Luís que jamais quis o mal do tio e que não guarda rancor algum.

Ainda no papo na Record, Eduardo Costa garantiu que não deseja que sua filha, Maria Eduarda de 13 anos, seja artista. O cantor disse que não tem estudo e que deseja que a filha dele siga um caminho diferente.

Carregar Mais Notícias