Fabíola Reipert fala do pesar de anunciar a morte de Gugu Liberato

Fabíola Reipert
Fabíola Reipert fala do pesar de anunciar a morte de Gugu Liberato (Imagem: Reprodução / Record)

O falecimento de Gugu Liberato pegou a todos de surpresa, na última sexta-feira (22). Fabíola Reipert, no quadro A Hora da Venenosa, do Balanço Geral SP, foi uma das que cobriu o decorrer dos acontecimentos e se afetou com isso.

A jornalista compareceu ao velório do apresentador, que começou na quinta-feira (28) na Assembleia Legislativa de São Paulo. Em entrevista, a jornalista se disse incrédula e teceu elogios ao artista.

“Muito triste, não dá nem pra acreditar que seja verdade. Eu não sei nem se eu tenho coragem de ir ali ver [o corpo de Gugu]. Quem conhecia ele fora do ar, sabe a pessoa maravilhosa que ele era e a falta que ele vai fazer“, afirmou ela aos jornalistas presentes.

“Quando a gente deu a notícia ali, a gente não sabia da gravidade do negócio. Chegou a informação que era uma coisa grave, mas não que era tão grave“, relatou Reipert, sobre quando tudo começou a sair na mídia.

Ela ainda contou que tinha esperanças de que tudo terminasse bem e como foi pesado dar tal notícia: “Até o fim, a gente ficou com esperanças de reverter o quadro e ele viver. Foi horrível dar essa notícia, porque dá vontade de chorar e… Não sei nem o que falar”.

A famosa colunista ainda comentou sobre a presença ostensiva dos fãs de Gugu Liberato no velório: “Era um dos melhores apresentadores da televisão. Vai fazer muita falta. Eu fico imaginando essas pessoas aqui e o que eles estão sentindo. Eram o público dele… A gente também. A gente via o Gugu desde quando era pequeno”.

Carregar Mais Notícias