Filho de Flordelis é pego em flagrante, polícia descobre farsa surreal e o pior acontece

A deputada federal é suspeita de estar envolvida na morte de seu marido, Pastor Anderson do Carmo (Foto: Reprodução TV)
A deputada federal é suspeita de estar envolvida na morte de seu marido, o Pastor evangélico Anderson do Carmo (Foto: Reprodução TV)

Após mentir para a polícia e se negar a entregar aparelho para a polícia, filho da deputada federal Flordelis é levado para a delegacia para prestar esclarecimentos

Há quase seis meses, a famosa deputada federal Flordelis (PSD-RJ), 48 anos, viu a sua situação mudar da água para o vinho desde que o seu marido, o Pastor Anderson do Carmo, 42 anos, foi brutalmente assassinado na garagem de sua casa pelos seus próprios filhos, no dia 16 de junho. Apesar de se negar qualquer envolvimento com o crime, a religiosa continua sendo uma das principais investigadas. Contudo, agora, os agentes foram até a casa da religiosa e realizaram uma nova apreensão.

É, pode até parecer brincadeira, mas os Policiais da Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí e Maricá (DHNSIM), municípios fluminenses voltaram a investir pesado nas investigações neste último sábado, 30 de novembro. Entretanto, o que chamou atenção e fez com que diversas pessoas ficassem surpresas é que mais um filho da deputada federal acabou sendo conduzido para delegacia especializada.

O motivo? A polícia civil realizou buscas em endereços ligados à viúva do Pastor, Flordelis, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro e acabou achando um telefone celular dentro de uma caixa de pizza, após o rapaz afirmar que não sabia sobre o aparelho. Ao chegarem no local, os investigadores encontraram o jovem e pediram para que ele entregasse o tal objeto, no entanto, o homem disse que não tinha nada com ele.

Após a afirmação, os policiais ligaram para o telefone e para o espanto de todos, o celular foi localizado dentro de uma caixa. Com a mentira sendo confirmada, os agentes optaram por levar o filho da deputada federal até a DHNSG, para que pudesse prestar alguns esclarecimentos. A polícia também esteve no Ministério Flordelis, no Mutondo, em São Gonçalo, na casa do chefe de gabinete da esposa do Pastor Anderson, em Niterói e no gabinete funcional da parlamentar, no Rio de Janeiro.

A deputada federal, Flordelis e o seu marido, Pastor Anderson do Carmo (Foto: Reprodução)
A deputada federal, Flordelis e o seu marido, Pastor Anderson do Carmo (Foto: Reprodução)
Carregar Mais Notícias