Glória Vanique não se contém e rir de colega ao vivo após erro em jornal da Globo

glória vanique globo
Glória Vanique se divertiu com erro de repórter ao vivo na Globo SP (Reprodução)

A apresentadora do “Bom Dia SP”, da Globo, se divertiu e riu após o repórter Bernardo Bortolotto, confundir Expresso Tiradentes com Expresso do Oriente

A apresentadora Glória Vanique, que apresenta o Bom Dia SP, na Globo São Paulo, não controlou o riso e acabou se divertindo com os erros de seus colegas de telejornal, Bernardo Bortolotto e Natália Ariede, nesta segunda-feira, 30.

Primeiro, Glória Vanique corrigiu um equívoco cometido pela jornalista Natália Ariede, que confundiu as datas e falou 2017 em vez de 2019 – a contratada da Globo alertou um outro colega ao vivo. Em seguida, a companheira de telejornal do apresentador Rodrigo Bocardi riu após o repórter Bernardo Bortolotto cometer um gafe, também ao vivo.

Na ocasião, o repórter da Globo falava ao vivo em um link direto do terminal Sacomã, na zona sul de São Paulo, para falar sobre as formas que os passageiros têm para pagar o valor das passagens, mas trocou os nomes dos expressos e, em vez de falar Expresso Tiradentes, Bernardo Bertolotto falou Expresso do Oriente (cenário do livro Assassinato no Expresso do Oriente, da renomada escritora inglesa Agatha Christie). Foi nessa ocasião que Glória Vanique não se conteve e riu da gafe.

Mudanças no jornalismo da Globo

Ao longo de todo o ano de 2019, não foram poucas as ocasiões em que falamos aqui no TV Foco sobre algumas mudanças ocorridas no setor de comunicação da Globo, que contou com um segundo semestre bastante motivado com a demissão e saída de vários repórteres, muitos deles famosos, bastante conhecidos do grande público e com anos de empresa.

As primeiras baixas notórias ocorreram no setor de esportes da emissora. Para começar, Ivan Moré se despediu do comando do Globo Esporte, deu lugar a Felipe Andreoli, e dias depois teve sua saída definitiva anunciada. Mauro Naves foi outro nome que deu adeus ao canal – ele foi demitido por um envolvimento no escândalo de Neymar e Najila Trindade.

Em seguida veio os ataques da CNN Brasil, que provocou uma limpa na Globo, principalmente em São Paulo, mas também tirou jornalistas de algumas afiliadas da maior emissora do país, e de outras sedes do canal, como em Brasília, por exemplo. Nomes como Phelipe Siani, Monalisa Perrone e Mari Palma migraram para a CNN.

Mais recentemente, e para a surpresa inclusive do todo-poderoso do jornalismo da Globo, Ali Kamel, Rodrigo Alvarez pediu demissão, após 23 anos de contrato. O repórter atuava como correspondente internacional e saiu para se dedicar à escrita – ele é autor de 9 livros e está produzindo o décimo.

Após 23 anos, Rodrigo Alvarez pede demissão da Globo (Foto: Reprodução)
Após 23 anos, Rodrigo Alvarez pede demissão da Globo (Foto: Reprodução)
Carregar Mais Notícias