Julianne Trevisol volta para Record após atitude da Globo

Julianne Trevisol volta para antiga casa (Imagem: Reprodução)

Seis anos depois de deixar a Record e migrar para a Globo, Julianne Trevisol está de volta em um papel de destaque na novela Gênesis, que tem estreia prevista para abril de 2020.

Seu retorno para a emissora de Edir Macedo aconteceu após mudanças na série O Selvagem da Ópera, da Globo, e outros projetos cancelados ou adiados no canal carioca.

Por causa disso, ela optou por aceitar o convite da concorrência. “Alguns projetos na Globo mudaram, foram adiados ou caíram”, explicou, em entrevista ao UOL. 

“A gente está em uma fase de muitas transformações. E aí, na semana seguinte em que a série mudou, recebi o convite da Record e, muito feliz, aceitei”, revelou a atriz.

Na Globo, o seriado O Selvagem da Ópera foi transformado em novela das seis e, apesar da decepção, Julianne Trevisol está feliz com a nova oportunidade.

“Tenho ainda pouca informação sobre a personagem. É uma mulher bastante ambiciosa, invejosa, meio alpinista social”, afirmou a famosa sobre a sua personagem.

Record contrata ex-diretores da Globo

Após colocar no ar uma nova novela “não-bíblica”, Amor Sem Igual, a Record volta sua atenção para Gênesis.

A trama de Emílio Boechat, com estreia prevista para o primeiro semestre de 2020, retoma o investimento no filão religioso – após a macrossérie Jezabel e a reprise de O Rico e Lázaro (2017).

Para este trabalho, que terá como missão reanimar os índices de audiência da casa, a emissora recrutou dois ex-diretores da Globo.

De acordo com informações da jornalista Patrícia Kogut, Carlos Magalhães e Carlo Milani integram o time capitaneado pelo diretor-geral Edgard Miranda. Ambos passaram pelo núcleo comandado por Boninho, responsável pelo Big Brother Brasil.

Carlos Magalhães foi funcionário da Manchete e da Globo. Integrou a equipe de diretores de clássicos como Kananga do Japão (1989), Pantanal (1990), Pedra Sobre Pedra (1992) e Mulheres de Areia (1993).

Na Globo, respondeu por infantis de Xuxa Meneghel e Angélica; depois, seguiu para a linha de shows, passando por Domingão do Faustão, Vídeo Show e edições dos realities BBB, Hipertensão, No Limite e The Voice Brasil.

Já Carlo Milani esteve envolvido com várias temporadas de Malhação. Foi capitaneado por Ricardo Waddington em Bang-Bang (2005) e Além do Horizonte (2013). Com Marcos Schechtman, fez América (2005) e Amazônia – De Galvez a Chico Mendes (2007), ambas escritas por Gloria Perez.

Após deixar a Globo, seguiu com Schechtman para Portugal, onde conduziu as gravações de Na Corda Bamba, assinada por Rui Vilhena.

Gênesis acompanhará histórias bíblicas como a de Adão (Carlo Porto) e Eva (Juliana Boller), os irmãos Abel (Caio Manhente) e Caim (Eduardo Speroni) e a arca de Noé (Bruno Guedes / Oscar Magrini).

O elenco conta com Adriana Garambone, Bruno Bellarmino, Carol Oliveira, Cássia Linhares, Emilio Orciollo Neto, Felipe Roque, Flávia Monteiro, Gil Coelho, Giuseppe Oristânio, Igor Rickli, Jayme Periard, Nina de Pádua, Pablo Morais e Paulo Coronato, dentre outros.

Carregar Mais Notícias