Morta! Xuxa enaltece publicação que destaca Jair Bolsonaro: “é honesto e querem tirar porque é homofóbico”

Bolsonaro e Xuxa (Foto: Reprodução)
Bolsonaro e Xuxa (Foto: Reprodução)

Xuxa Meneghel entrou em mais uma polêmica ao curtir uma publicação do marido de uma ex-paquita que engradece Jair Bolsonaro, atual Presidente da República.

Xuxa Meneghel virou um dos nomes mais citados nessa reta final de ano. E não é para menos! Após causar polêmica ao criticar o uso de animais nas ceias de Natal, a apresentadora da Record TV acabou se envolvendo em mais uma discussão. Dessa vez, ela resolveu curtir uma publicação do esposo de Andréa Sorvetão.

Aconteceu que o companheiro de Andréa compartilhou uma postagem em que faz elogios ao Presidente Jair Bolsonaro, além de fazer críticas a cultura musical do país. “Estamos com uma liderança maravilhosa[…] com honestidade. Aí quer tirar porque o cara é homofóbico, etc”, dispara ele. Será que ela assistiu o vídeo até o final? Fato é que Xuxa curtiu o post, que ainda traz na legenda: “valores estão invertidos”.

Xuxa curte postagem que enaltece Jair Bolsonaro (Foto: Reprodução)
Xuxa curte postagem que enaltece Jair Bolsonaro (Foto: Reprodução)

Em setembro, o jornalista Leo Dias compartilhou um vídeo da apresentadora Titi Muller, do canal Multishow, durante um festival, ao vivo, brincou com a música “Vai Dar PT”, do cantor baiano Léo Santana. Após o show no Festival Festeja, que passou por Fortaleza e Belo Horizonte nos últimos dias, Titi disse que seria uma profecia para 2022. “Vai dar PT. Maravilhoso”, disparou a apresentadora do Multishow. Nos comentários da publicação do apresentador do Fofocalizando, programa do SBT, Xuxa Meneghel disparou: “Deus nos livre e guarde”.

Não demorou muito e a declaração de Xuxa na rede social viralizou e seu nome se tornou um dos assuntos mais comentados do momento. Em março deste ano, Xuxa chegou a desmentir uma crítica feita à Bolsonaro, atribuída a ela. A apresentadora ressaltou que tanto a mensagem falsamente atribuída a ela quanto a suposta resposta atribuída a Bolsonaro jamais foram publicadas por eles.

Carregar Mais Notícias