Pai de Amber Heard teria tentando matar Johnny Depp. Entenda

Pai de Amber Heard teria tentando matar Johnny Depp Entenda

Mais detalhes continuam a surgir do processo de divórcio entre Amber Heard e Johnny Depp, e desta vez, o pai da atriz é quem estaria envolvido.

Segundo o site The Blast, que obteve acesso ao inquérito do processo de divórcio do casal, David Heard ameaçou Depp no decorrer do processo, em apoio à filha.

A testemunha que confirma a ameaça é David Killackey, mecânico do casal na época, que testemunhou a favor do protagonista de Piratas do Caribe, e afirmou que a artista ficou furiosa pelo fato de Johnny não pagar os trabalhos feitos nos veículos, e um tempo depois, o pai se envolveu.

“Ela não recebeu muito bem essa informação. A primeira reação foi abusar verbalmente de mim, com ameaças e xingamentos. Em um momento ela me disse ‘seu filho da p***, você está me f******!. Eu recebi muitas mensagens e telefonemas do pai da Amber, o Sr. David Heard. Depois da separação, ele ficou muito hostil em relação ao Sr. Depp”, declarou Killackey.

Heard teria dito então que Depp estava destruindo a carreira de Amber e a chantageá-la em Hollywood, e teria dito depois: “Quando eu encontrar com ele vou arrebentá-lo. Eu sou do Texas e caras do Texas sempre carregam uma 45, então o Johnny vai encontrar o fim dele!”.

“Eu falei com o Sr. Heard que ele estava parecendo estar bêbado e ele disse que talvez estivesse e que iria enfiar um garrafa de whiskey em mim”, finalizou o mecânico.

As ameaças feitas pelo pai da atriz teriam então chegado aos advogados de Depp, que as informaram à Justiça dos Estados Unidos.

Depp e Heard foram casados entre 2015 e 2017 e o romance chegou ao fim após ela acusar o ator de abusos domésticos, e em meio a processo de divórcio, ela acusou o ex de ter tentado sujar a imagem dela em Hollywood, pedindo que produtores não a contratassem e evitassem contar com ela no elenco de suas produções.

O que acharam das revelações?

Carregar Mais Notícias