Rodrigo Bocardi, âncora da Globo, é desmascarado e crime é exposto em processo milionário na justiça

Rodrigo Bocardi é cotado para substituir William Bonner no Jornal Nacional (Foto: Reprodução)
Rodrigo Bocardi tem dívida milionária com a prefeitura de São Paulo por não pagar impostos de suas empresa ; advogado tenta desvencilhar problema do apresentador (Foto: Reprodução)

Rodrigo Bocardi, âncora da Globo e apresentador do Bom Dia Brasil, está com seis processos na justiça.

O apresentador do Bom Dia São Paulo, Rodrigo Bocardi, está com uma dívida milionária com a prefeitura de São Paulo. De acordo com a Veja, o jornalista passou o ano envolvido com processos a respeito dos impostos atrasados.

Conforme foi apurado, corre na Justiça cerca de seis processos contra o contratado da Globo. Somando as dívidas do profissional, já ultrapassa a marca de um milhão de reais. Na última segunda (25), Rodrigo Bocardi comunicou a justiça que pagaria parte da dívida por meio de um acordo com  banco, porém, cabe lembrar que em janeiro ele havia pegado um empréstimo de 556 000 reais para quitar em 36 vezes, e com isso, ainda se encontra inadimplente.

Dono de uma empresa que presta serviços de vídeo, ele está sendo processado pela prefeitura por não pagar impostos correspondentes ao serviço. O advogado da empresa de Rodrigo Bocardi, Carlos Guimarães, falou sobre os processos: “Estamos verificando esses passivos. Bocardi é um homem público, mas nem por isso vai pagar toda conta que aparece sem avaliar primeiro”.

O apresentador do Bom Dia São Paulo é bastante conhecido entre o público brasileiro, uma vez que sempre está no rodízio de apresentadores do Jornal Nacional. Com uma carreira consolidada, ele é um dos grandes nomes do jornalismo da Globo.

Reservado, Rodrigo Bocardi não costuma está envolvido em polêmicas. Com um currículo de peso, os processos milionários aparentemente são as únicas pendências do global.

Rodrigo Bocardi globo (Foto: Reprodução/Globoplay)
Bocardi está envolvido em problemas com a justiça e tem seis processos em andamento por não pagar impostos recorrentes de sua empresa (Foto: Reprodução/Globoplay)

 

Carregar Mais Notícias