Sergio Hondjakoff, o “Cabeção” de Malhação, surge com namorada

Sergio Hondjakoff
Sergio Hondjakoff namora Danielle Monteiro (Imagem: Divulgação / Globo)

Conhecido pelo personagem Cabeção de Malhação, Sergio Hondjakoff está esbanjando amor no seu perfil do Instagram. Após anos solteiro, o ator está namorando.

Segundo o jornal Extra, a amada de Sergio é Danielle Monteiro, de 37 anos. Juntos há 8 meses, os dois até passaram o Natal juntos em Penedo, na Região Sul do Rio de Janeiro.

Em recente postagem na rede social, o artista publicou uma foto com Danielle durante um passeio. “Passeio na cocheira de Penedo. Dia 25 de dezembro. Com a minha querida”, escreveu.

Ainda de acordo com a publicação, quando Hondjakoff estava solteiro em 2013, ele foi ao Facebook para pedir uma namorada: “Por que eu não tô agora felizão? Por que eu não tenho uma mulher para trocar ideia. Nenhuma mulé me quer.. e ponto de exclamação”.

Após Malhação, Sergio ficou afastado da TV por bastante tempo e chegou a tentar carreira como funkeiro. Ele ainda trabalhou por 7 meses como caixa num restaurante em Nova York, nos EUA.

Em 2017, ele retornou seu trabalho como ator para gravar uma participação na série Ouro Branco, do canal Fox.

Rubens Barrichello se atrasa para voo

Rubens Barrichello deu o que falar após a circulação de um vídeo, gravado dentro do Aeroporto de Cumbica, no qual escuta-se a chamada para passageiros atrasados para um embarque para Córdoba, na Argentina.

“Com a sua atenção passageiros faltantes com destino à Córdoba: Rubens Barrichello, Eduardo Barrichello e Maurício Ferreira”, diz o áudio da gravação. Eduardo é filho de Rubinho e Maurício, diretor da equipe do piloto.

A viagem dos três aconteceria na quinta-feira (26), quando Barrichello faria um teste no Autódromo Oscar Cabalén, em Córdoba, com o carro da Toyota da Super TC2000.

De acordo com a revista Veja, estariam no evento Matías Rossi, seu novo companheiro de equipe na Full Time, José ‘Pechito’ Lopez e o presidente da Toyota Argentina, Daniel Herrero.

O brasileiro, no entanto, não conseguiu chegar para a cerimônia. Em comunicado divulgado nas redes sociais, ele afirmou que foi um dos muitos prejudicados por uma severa greve de pilotos da Latam Argentina e acabou ficando “preso” no Brasil.

Carregar Mais Notícias