Sheron Menezzes alerta: foi vítima de clonagem de telefone

Sheron Menezzes alerta foi vitima de clonagem de telefone

Os hackers não param e, desta vez, fizeram Sheron Menezzes de vítima. A atriz gaúcha usou suas redes sociais na terça-feira (10) para contar que é a mais nova vítima de um golpe.

A mãe de Benjamim publicou um vídeo em seu Instagram e alertou  que existem pessoas falando em nome dela oferecendo convites para uma festa que ela supostamente estaria preparando.

"Amores... se receberem ligação convidando para uma festa em meu nome, não passem seus dados. Não estou dando festa!", disse.

Sheron detalhou que os golpistas estão capturando informações de alguns contatos e entrando em contato com seus colegas para oferecer os tais convites.

"Ainda nao entendi como eles pegam nossa agenda, se alguém souber, avisa aí".

Em um vídeo, ela deu mais detalhes sobre a situação. 

"Oi gente! Olha, tá rolando um novo golpe em meu nome: as pessoas estão ligando para os meus amigos - supostamente minha assessoria, que não é - dizendo que estou dando uma festa de Réveillon e pedindo o nome e telefone. A partir daí eles vão clonar o seu celular, o seu WhatsApp", contou. 

Mais famosos vítimas de golpe

Celso Portiolli
Na noite da última terça-feira (3), o apresentador do Domingo legal, Celso Portiolli surpreendeu ao usar seu perfil no Instagram para alertar sobre um novo golpe utilizando o seu nome.

"Atenção, pessoal, novo golpe! Tão olhando aí nas pessoas que eu sigo, pegando os contatos comerciais no perfil dessas pessoas que eu sigo - tem muitas que são profissionais e tem telefones de contato ali - e estão ligando, dizendo que eu estou fazendo evento e uma festa. É mentira!", informou o apresentador. 

Lexa 
A cantora Lexa usou as suas redes sociais também no dia 3 de dezembro, para alertar os seguidores em seu Instagram Stories.

''Acabei de chegar no Brasil e eu estou em choque. O que é mais bizarro é que entraram em contato com pessoas muito certeiras. Como foi que conseguiram o telefone? Acho que clonaram, não sei. Mas sei que a gente já descobriu várias coisas e não vai ficar por isso, não. Isso não aconteceu só comigo, não, já aconteceu com vários artistas. Não caiam nesse golpe, gente. O povo não me deixa ter um dia de paz. Eu só quero um dia de paz, só isso", disse ela.

Luciele Di Camargo
A atriz Luciele Di Camargo passou pelo mesmo perrengue e alertou seus fãs e seguidores por meio de suas redes sociais:

"Estão usando o meu nome para convidar algumas pessoas para uma festa no Rio de Janeiro com tudo pago, inclusive hospedagem e transporte. Não estou convidando ninguém, estão apenas usando o meu nome, falando que é um assessor meu. Não aceite, não envie código, não clique no link enviado por WhatsApp", disse ela.

O que dizem os especialistas

De acordo com a Kaspersky Lab, líder global em cyber segurança, somente uma quadrilha conseguiu clonar mais de 5 mil chips de celular nos últimos meses, atingindo usuários comuns em sua maioria, mas também ministros, governadores, celebridades e empresários famosos. Vale lembrar que Cleo, Marina Ruy Barbosa e Ludmilla também foram vítimas esse ano.

Ao que tudo indica, apps de bancos com autenticação via SMS são o grande alvo desses criminosos. Ao clonar o número de celular de uma vítima, o criminoso passa a receber todas as ligações e mensagens de texto destinadas a ela. Com isso, é possível recuperar senhas de apps de bancos tradicionais e digitais, obtendo total acesso ao dinheiro do usuário.

Isso acontece porque o processo de obtenção de um novo chip para o mesmo número -- quando a pessoa perde o celular ou é roubada - é bastante falho. Criminosos conseguem se passar pelas vítimas com informações vazadas em bancos de dados disponíveis na deep web ou mesmo comprando banco de dados de empresas de marketing.

Com várias informações em mãos, o criminoso toma controle do número de celular e começa a recuperar senhas em apps de banco, redes sociais e vários outros.

A técnica de clonagem de chips também gerou um novo tipo de ataque conhecido como 'clonagem do WhatsApp'. Neste caso, depois da ativação do chip no celular do criminoso, ele carrega o WhatsApp para restaurar os chats e contatos da vítima no aplicativo. Então, ele manda mensagens para os contatos como se fosse a vítima, falando de uma emergência e pedindo dinheiro.

"Embora não haja uma solução milagrosa, a extinção da autenticação de dois fatores via SMS é o melhor caminho a seguir. Isso é particularmente verdadeiro quando falamos de Internet Banking. Quando os serviços financeiros pararem de usar esse tipo de autenticação, os golpistas irão focar em outras coisas, como redes sociais, serviços de e-mail e mensageiros instantâneos para continuar roubando", conclui Fabio Assolini, analista sênior de segurança da Kaspersky Lab e corresponsável pela pesquisa.

Não seja a próxima vítima

Os usuários devem evitar usar a autenticação de dois fatores via SMS, optando por outros métodos, como a geração de uma autenticação única (OTP) via aplicativo móvel (como o Google Authenticator) ou o uso de um token físico. Infelizmente, alguns serviços online não apresentam alternativas. Nesse caso, o usuário precisa estar ciente dos riscos.

Quando é solicitada a troca do chip, as operadoras devem implementar uma mensagem automatizada que é enviada para o número do celular, alertando o proprietário de que houve uma solicitação de troca do chip e, caso ela não seja autorizada, o assinante deve entrar em contato com uma linha direta para fraudes. Isso não impedirá os sequestros, mas avisará o assinante para que ele possa responder o mais rápido possível em caso de atividades maliciosas. Caso a operadora não ofereça esse tipo de serviço, o usuário deve entrar em contato solicitando um posicionamento a respeito.

Para evitar o sequestro do WhatsApp, os usuários devem ativar a dupla autenticação usando um PIN de seis dígitos no dispositivo, pois isso adiciona uma camada extra de segurança que não é tão fácil de burlar.

Solicite que seu número seja retirado das listas de IDs de aplicativos que identificam chamadas; eles podem ser usados por golpistas para encontrar seu número a partir do seu nome.

Filho de Sheron Menezzes fratura o braço

Carregar Mais Notícias