Após sequestro, família de Zezé di Camargo fica desolada e crime deixa Brasil em choque: “Querem milhões”

Zezé viu seu irmão ser sequestrado em 1999 e o Brasil parou para ver  – foto: reprodução

Zezé Di Camargo e Luciano tiveram o irmão sequestrado.

Em 1999 a família de Zezé Di Camargo tinha seus rostos aflitos estampados nas capas de todos os jornais do país, isso aconteceu devido a uma tragédia que movimentou o país.

Wellington Camargo, irmão de Zezé Di Camargo e Luciano, foi levado no dia 16 de dezembro de 1998 por criminosos que o soltaram apenas três meses depois de muita negociação. O rapaz enfrentou algumas atrocidades no confinamento, como o dia em que os bandidos tiraram um pedaço de sua orelha e enviaram para uma emissora de TV, a qual confirmou por exames clínicos que se tratava do músculo do rapaz.

Os criminosos chegaram a pedir mais de US$ 5 milhões de resgate, e isso se deu a intromissão de Ratinho no caso. O apresentador tentou ajudar trazendo o caso para a TV, porém, a única coisa que conseguiu foi fazer os bandidos aumentarem o valor, que até então já estava negociado. Zezé Di Camargo chegou a ficar irritado com o apresentador na época.

“Eu digo que o Ratinho foi infeliz na declaração dele, prejudicando a negociação e fazendo com que os sequestradores realimentassem a esperança de ter aquele dinheiro que já tinham perdido a esperança de receber”, disse o sertanejo.

Após intensa negociação, no dia 20 de março o valor acertado foi ago, o qual era de US$ 300 mil, e no dia seguinte Wellington foi deixado dentro de buraco de 150 metros de uma estrada entre Goiânia e Guapó, na Região Metropolitana.

Após a ação criminosa, os bandidos foram presos em Campo Grande (MS). Sete dos acusado de sequestrar e maltratar o irmão de Zezé Di Camargo e Luciano. Essa é uma das muitas histórias que assolam os camargos.

Em 1999 Zezé se viu em mais uma grande confusão em sua vida (Foto: Reprodução)

 

Carregar Mais Notícias