Eike Batista, após terrível falência, dispensa seguranças e dirige carro modelo 2010

Eike Batista vive momento difícil após falência (Foto divulgação)
Eike Batista vive momentos difíceis após falência ser decretada (Foto Divulgação)

Empresário Eike Batista está vivendo momentos difíceis após terrível falência

No passado o empresário Eike Batista vivia um momento bem diferente do atual, era o homem mais rico do Brasil e o sétimo do mundo. Porém do nada, o empresário começou a viver uma terrível reviravolta e viu a falência chegar de uma forma nunca esperada.

De acordo com informações da revista Veja, Eike batista dispensou os seis homens que trabalhavam com ele fazendo a sua segurança, e é ele mesmo quem dirige o próprio carro agora, um Toyota Hilux SWA, modelo 2010, onde o valor não ultrapassa os 90 mil reais.

No passado, em seus momentos de ostentação, Eike andava apenas de Ferrari, Porsche e Lamborghini. Atualmente ele realiza palestras. Em uma rara aparição na noite carioca, o empresário foi visto saindo do restaurante que possui na Lagoa Rodrigo de Freitas, na zona sul do Rio de Janeiro, o Mr. Lam. Na oportunidade ele estava acompanhado da esposa, Flavia Sampaio e do filho mais novo, Balder.

Antes de assumir o volante do carro, Eike e a esposa encontraram com um amigo, na calçada do estabelecimento, onde se cumprimentaram e logo em seguida, voltaram para casa. Eike foi condenado no mês de setembro, a oito anos e sete meses de prisão por manipulação do mercado de ações. A condenação, vale dizer, foi em primeira instância, porém, cabe recurso e tem que ser analisado em segunda instância.

Eike Batista, a esposa e um amigo (Foto: Extra)
Eike, a esposa e um amigo (Foto: Extra)
Eike e a esposa (Foto: Extra)
Carro de Eike Batista (Foto: Extra)
Carro de Eike Batista (Foto: Extra)

Em agosto, dias antes de ser preso, Eike Batista fez um desabafo falando sobre a importância da família e de alguns arrependimentos.

Veja abaixo!

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Me perguntam muito o que mudei nos últimos anos, depois de tantos aprendizados. Eu diria que a maior mudança foi nos valores empregados às pequenas coisas da vida. ⠀ Aquela frase “quero ser o mais rico do mundo” foi uma grande estupidez. Hoje eu vejo que conquistas e troféus são bons, mas não passam de enfeites de uma sala vazia. ⠀ Ser o mais rico não deve ser o objetivo principal, devemos almejar ser o mais generoso, o mais íntegro e o mais feliz possível. ⠀ Me ergui para obter novas conquistas, mas, principalmente, para viver cada uma delas com minha família e amigos. E, é claro que sempre compartilhando-as com o meu país. ⠀ #EikeBatista #Amigos #Família #Mudanças #Compartilhar #Felicidade

Uma publicação partilhada por Eike Batista (@realeikebatista) a

Carregar Mais Notícias