Fátima Bernardes faz desabafo e revela profundo pânico em viagem de avião

Fátima Bernardes
A apresentadora da Globo confessou ter pavor de aviões (Reprodução/Globoplay)

Apresentadora da Globo, que já fez tratamento, assumiu ainda ter medo de aeronaves

Fátima Bernardes protagonizou um verdadeiro climão no aeroporto, na manhã desta segunda-feira (25). Enquanto aguardava para embarcar em um voo com o namorado, Túlio Gadêlha, a famosa relembrou seu pavor de aviões.

Ao fazer um desabafo nas redes sociais, a apresentadora foi questionada por uma seguidora sobre seu medo. “Fátima, como você superou o medo de voar? Sofro muito. E tenho que estar sempre viajando”, disse a internauta sobre Fátima Bernardes.

Foi, então, que a global confessou ainda não ter conseguido vencer esse pânico – que a assombra há anos, apesar das inúmeras viagens. “Ainda não superei, mas decidi enfrentar o medo”, disparou Fátima Bernardes.

No ano passado, para quem não se lembra, a apresentadora chegou a passar por um simulador de voo no “Encontro” para tentar combater sua fobia. Além disso, Fátima Bernardes também revelou ter se submetido a vários tratamento psicológicos para acabar com esse medo.

“Me recomendaram imaginar as danças que eu faço. Então, concentro totalmente em uma coreografia que esteja trabalhando ou a música”, relatou na ocasião, deixando o público confuso. “A música tem me ajudado muito. Agora [quando viajo] estou sempre com fone, sempre com o celular”, explicou Fátima Bernardes.

Fátima Bernardes, da Globo, aliás, está novamente de férias de suas funções. Ela partiu em uma nova viagem, mas não quis revelar seu destino com o companheiro político. Já surgem rumores de que a ausência repentina da profissional na atração matutina tem causado certo incômodo nos colegas da emissora. Há quem diga que “ela tem muitos privilégios” no canal dos Marinho por ter tirado mais folgas e férias do que os demais funcionários.

Fátima Bernardes e Túlio Gadêlha (Rodrigo Adão/AgNews)
A apresentadora da Globo e Túlio Gadêlha passeando em shopping center no Rio de Janeiro (Rodrigo Adão/AgNews)
Carregar Mais Notícias