Kris Wu, ex-membro do grupo EXO, é preso após acusações de estupro

<span class="hidden">–</span>CAPRICHO/Divulgação

O rapper e ator Kris Wu, ex-integrante do grupo de Variety, a polícia do distrito de Chaoyang, em Pequim (China), confirmou a prisão através da rede social Weibo.

“Em resposta a relatos da internet que Wu Yifan repetidamente enganou mulheres jovens para fazer sexo e outras questões relacionadas, após investigações policiais, Wu Yifan (homem, 30 anos, canadense) foi detido pela suspeita de crime de estupro, de acordo com a lei”, dizia a postagem.

O caso começou no início do mês, quando a estudante Du Meizhu, de apenas 19 anos, afirmou ter sido alcoolizada e estuprada pelo cantor quando tinha 17 anos. Ela ainda declarou que outras adolescentes também haviam sido vítimas.

O cantor chegou a negar as acusações através de uma publicação feita na mesma rede social. Eu só encontrei essa mulher uma vez em 5 de dezembro de 2020, enquanto estava com um grupo de amigos… Eu declaro que nunca ‘selecionei concubinas’, coagi mulheres a sexo, droguei pessoas para estuprá-las ou me envolvi com meninas menores de idade! Se realmente houvesse esse comportamento, eu certamente iria de bom grado para a cadeia“, disse Kris Wu.

Segundo o site The Hollywood Reporter, o artista estava planejando processar a estudante por difamação.

Vale lembrar que, antes da prisão muitas marcas como a Louis Vuitton, Porsche e Bulgari, já haviam suspendido seus contratos com o idol.

 

Carregar Mais Notícias