Mayana Neiva abre o jogo sobre preconceito na carreira

Mayana Neiva
Mayana Neiva fala em rumos e sobre preconceito na carreira (Imagem: Divulgação/ Globo)

Mayana Neiva decidiu abrir o jogo sobre vários assuntos que envolvendo sua carreira e a vida pessoal, como a postura feminista e politizada nas suas redes sociais, onde fala sobre política, cultura e feminismo.

A atriz, por exemplo, confessou para a Vogue já ter sofrido preconceito: “Ele acontece de formas muito veladas e é muito sutil, mas ele é bem presente nessa profissão e foi muito presente principalmente no começo da minha carreira”.

“Inclusive a questão do sotaque, você ter o sotaque muitas vezes te atrapalha. Hoje em dia com toda essa questão maravilhosa da diversidade, você pode e deve, exercer livremente quem você é, mas do mesmo jeito dos cabelos crespos e das negras que são lindos e que houve um histórico de opressão, existe também em relação ao nordestino”, acrescentou a famosa.

“Enquanto tiver no lugar do folclórico, do engraçado tudo bem, mas tratar como um drama muitas vezes era complicado. Mas o preconceito existe e existe até hoje na verdade”, completou Mayana Neiva.

A artista ainda falou sobre sua personagem em Éramos Seis, que tem o casamento como um tema importante.

“Sim, para a minha personagem o casamento na época, em 1930, representava o lugar social da mulher, né? Pra mim, o casamento e a união com alguém é importante, a partir do amor, da liberdade, de se conectar e não com a pessoa que vai definir quem você é“, contou ela.

Carregar Mais Notícias