Liminha surge abalado no velório de Gugu Liberato: ‘Muito difícil mesmo’

Liminha no velório do Gugu (Foto: AGNews/ Leo Franco)
Liminha no velório do Gugu (Foto: AGNews/ Leo Franco)

O Liminha, animado de palco que trabalhou com Gugu por décadas, esteve no velório do apresentador e surgiu muito abalado.

O artista foi ao velório do Gugu Liberato para dar o seu último adeus ao colega. Ele conviveu durante muitos anos no programa do amigo no SBT. Nesta quinta-feira (28), Liminha surgiu aos prantos muito e abalado com o velório.

“E está sendo muito difícil, mesmo. A gente não consegue acreditar que isso é verdade. A ficha está começando a cair agora. A gente nunca acha que vai acontecer, mas a verdade é que aconteceu. Estou muito triste, de coração”, disse Liminha sobre Gugu, como informa a Contigo.

Antes, ele contou que os dois se falaram pela última vez no mês passado, quando notícias mentirosas diziam que Gugu havia morrido em um ataque do coração. Infelizmente, pouco tempo depois, aconteceu de verdade.

Liminha e esposa no velório do Gugu (Foto: Leo Franco/ AGNews)
Liminha e esposa no velório do Gugu (Foto: Leo Franco/ AGNews)

“E quando saiu a fake news, a gente estava no SBT e eu liguei pra ele. Ele estava em Singapura. Ele deu risada e falou: “tá um calor do caramba”. E eu falei brincando “se você morrer, eu te mato”, revelou Liminha, que se emocionou ao recordar a última conversa com Gugu.

Vale dizer que falando em Augusto Liberato, o ex-Polegar Alan Frank, esteve no velório do Gugu e falou sobre o apresentador. O artista, que também é médico, disse que o Gugu, que era seu amigo pessoal, revelou antes de morrer que não tinha vontade de mudar de casa em Orlando, onde ocorreu o acidente fatídico.

“Mas ele falou para mim que não queria mudar de casa, estavam oferecendo essa casa para ele porque [Windermere] era o bairro mais chique de Orlando, o mais nobre. Ele falou: ‘Eu não quero mudar, estou feliz em Celebration, adoro o bairro’. Não sei por que ele acabou mudando para a casa onde aconteceu essa tragédia”, contou o médico, abalado.

Carregar Mais Notícias